Encontre-nos no Facebook
Siga-nos no Twitter
Nosso Canal no YouTube

Artigos

Fibras Alimentares: A importância na prevenção de doenças

 

          O consumo de fibra alimentar é de grande importância na área da saúde, já que têm sido relatadas evidências que relacionam o papel deste nutriente com a prevenção de enfermidades como doenças do cólon (constipação, doença diverticular, câncer de cólon) e doenças sistêmicas (dislipidemias, doença cardiovascular, diabetes e obesidade).

          O Ministério da Saúde fez um levantamento recente (2005), onde indica que o Brasil está passando por uma "transição nutricional", que implica em mudanças no padrão alimentar. Muitos alimentos de origem animal, gorduras, açúcares, produtos industrializados e com baixo teor de carboidratos complexos e fibras, estão substituindo o padrão alimentar "tradicional", baseado no consumo de grãos e cereais.

          Fibra alimentar é todo polissacarídeo vegetal da dieta, mais a lignina (não polissacarídeo), que não são hidrolisados pelas enzimas digestivas humanas, portanto, não absorvidas.

          As fibras podem ser classificadas de acordo com sua solubilidade em água:

    Fibras solúveis: Pectinas, gomas, mucilagens, ß-glicanas, algumas hemiceluloses, frutanos (FOS e inulina).

Fonte: Juliana B. Menegazzi, nutricionista sócia-proprietária da Saúde Viver Consultoria em Nutrição
    Fibras insolúveis: Celulose, lignina, hemiceluloses.

          O efeito mecânico das fibras insolúveis no trato gastrintestinal está ligado à aceleração do tempo de trânsito intestinal e aumento do bolo fecal.
As fibras solúveis estão relacionadas à redução da absorção de glicose e colesterol, produção de ácidos graxos de cadeia curta e redução do tempo de esvaziamento gástrico e trânsito intestinal.

          Jenkins, et.al. (2002) relata que a ingestão de 8g/dia de fibras solúveis, por um período de um mês, reduziu os níveis de colesterol total em adultos com hiperlipidemia. Aller (2004) refere que durante três meses, o consumo de 4g/dia de fibra solúvel em indivíduos saudáveis melhorou os níveis séricos de LDL colesterol e glicose (redução de 12,8% e 12,3% respectivamente).

** Recomendação de ingestão de fibras para adultos saudáveis: 20-35g/dia, sendo ¼ na forma de fibra solúvel. (Fonte: Associação Dietética Americana)

 
Outros artigos: